Equipe 8
O mofo branco é uma preocupação em SC. Mas no RS a pressão de pragas e doenças é baixa
13/mar/2018

A Equipe 8 do Rally da Safra começou ontem, 12 de março, o trabalho de avaliação de lavouras no Oeste de Santa Catarina e nas principais regiões produtoras do Rio Grande do Sul. Há entre os catarinenses um certo otimismo moderado com relação à safra. Mas também existem algumas preocupações. Uma delas é com o crescimento na incidência de mofo branco, uma doença fúngica que está afetando algumas áreas de soja no estado. Veja no vídeo abaixo a conversa de André Debastiani, coordenador do Rally da Safra, com o produtor Felipe, do município de Abelardo Luz (SC).

No Rio Grande do Sul, os técnicos do Rally encontraram lavouras com bom potencial de produtividade. Há uma expectativa de que o rendimento seja igual ou até um pouco melhor do que o obtido na safra passada. A pressão de pragas e doenças é baixa até o momento. Há ferrugem, mas na grande maioria dos casos a situação está sob controle.  Veja o vídeo em que Fábio Carneiro, do Rally da Safra, com o produtor Ademir Rúpulo, de Palmeira das Missões (RS).

De acordo com os produtores com quem os integrantes do Rally conversaram, choveu relativamente pouco nos últimos 30 dias. De um lado, isso favorece o avanço da colheita da soja que já está pronta. Por outro, pode ter prejudicado, ainda que em pequena medida, o enchimento de grão das lavouras cujo ciclo ainda está se completando. Mas não se espera grandes problemas para a safra por causa disso.

Hoje, 13 de março, o destino do Rally da Safra é a cidade gaúcha de Santa Rosa.

 

TODOS
NOTÍCIAS
DIÁRIO
PATROCINADORES:
APOIADORES: