SAFRA DE SOJA
4 coisas que você precisa saber sobre a safra de soja no Mato Grosso do Sul
03/abr/2018

Por mais um ano, a expedição idealizada pela Agroconsult avaliou a safra de soja nas principais regiões produtoras do Brasil. De janeiro a março, nossa equipe composta por técnicos e convidados analisou mais de mil lavouras a fim de realizar o diagnóstico mais preciso sobre o mercado de grãos no país.

Entre a última semana de janeiro e a primeira de fevereiro, a Equipe 2 do Rally da Safra 2018 passou pelo Mato Grosso do Sul. Por lá, toda a nossa metodologia de avaliação foi aplicada: contagem de grãos e vagens por plantas, população, peso de mil grãos, avaliação da distribuição da semeadura, entre outros fatores.
E, dentre as avaliações, foi notado um aumento na produtividade no Mato Grosso do Sul. Veja uma lista de quatro coisas que você precisa saber sobre a safra de soja no estado.
Safra de soja e Rally da Safra

1. Produtividade alta

Após visitar as regiões de Dourados e Maracaju, antes de seguir até Campo Grande, nossa equipe identificou lavouras uniformes com alto potencial de produtividade. Enquanto a safra 2016/17 rendeu média de 56,7 sacos por hectare, a safra 2017/18 deve apresentar uma produtividade de  58,2 sc/ha.

2. Ciclo mais longo

Outro ponto importante a se destacar sobre a safra de soja no Sul do estado é que o ciclo das lavouras foi alongado em cerca de 10 dias. Isso por conta das noites mais frias em dezembro e dos dias nublados que marcaram o mês de janeiro. O início da colheita mostrou que o alongamento não causou perdas à produtividade.

3. Condições climáticas

A chuva que caiu em fevereiro, em meio ao pico da colheita, não foi capaz de de causar grandes problemas – diferente do que aconteceu na safra 2015/16.

4. Pragas e doenças

A pressão da ferrugem cresceu apenas sobre a soja tardia, em particular na região Sul do Mato Grosso do Sul.

Rally da Safra avaliou a safra de soja no MS

Rally da Safra 2018

Nesta 15ª edição do Rally são 12 equipes em campo, das quais nove avaliaram as lavouras de soja até o mês de março. Outras três vão a campo entre maio e junho para verificar as áreas de milho segunda safra.

O levantamento acontece em 500 municípios nos 13 principais estados produtores que correspondem a 95% da área de soja e 72% da área de milho: Mato Grosso, Paraná, Mato Grosso do Sul, Goiás, Distrito Federal, Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, Maranhão, Piauí e Tocantins. No total, são percorridos aproximadamente 100 mil quilômetros.

A expedição nas redes sociais

Você pode acompanhar os detalhes das nossas viagens a campo aqui pelo nosso site e também nas redes sociais. Siga o Rally da Safra no Facebook /RallyDaSafra, Twitter @RallyDaSafra e Instagram @RallyDaSafra.

 

TODOS
NOTÍCIAS
DIÁRIO
PATROCINADORES:
APOIADORES: