Equipes 6 e 7
Tudo começa com uma boa metodologia de avaliação de lavouras
06/mar/2018

Um dos aspectos mais importantes do Rally da Safra – e que às vezes pode passar despercebido – é a metodologia para as avaliações de campo. Em 15 anos de projeto, aperfeiçoamos uma forma para coletar e analisar os dados obtidos nas lavouras. Não foi tão simples assim, tendo em vista as enormes diferenças entre as principais regiões produtoras de um país tão vasto quanto o Brasil.

É por isso que, no início de cada equipe, repassamos com detalhes a metodologia de campo para todos os participantes. Foi esse o principal compromisso de ontem, 5 de março, das Equipes 6 e 7. O objetivo é que todos saibam como aplicá-la corretamente – ainda que, em cada carro, sempre haja um técnico experiente para supervisionar o trabalho.

Reunião de alinhamento de equipe do Rally da Safra

Hoje, 6 de março, as duas equipes começaram a rodar. A Equipe 6 saiu de Goiânia com destino a Uberlândia, onde à noite ocorre o evento regional para produtores (clique AQUI para se inscrever). Veja algumas imagens da manhã, em Cachoeira Dourada, na divisa entre Goiás e Minas Gerais.

Rally da Safra na divisa entre Go e MG

Amarok do Rally da Safra ao fundo

A Equipe 7 saiu de Campinas com destino à Itapeva. Pela manhã, o grupo visitou a Cooperativa Agro Industrial Holambra e encontrou produtores rurais em Itapetininga. Essa equipe realiza amanhã, 7 de março, o evento regional de Ponta Grossa (PR). Inscreva-se AQUI.

TODOS
NOTÍCIAS
DIÁRIO
PATROCINADORES:
APOIADORES: