A etapa milho do Rally da Safra 2021 chega ao fim com uma estimativa de produção de 65,3 milhões de toneladas. Trata-se de uma queda de 900 mil toneladas desde que as equipes técnicas começaram a avaliar as lavouras de segunda safra.

Na época, o Rally foi para a estrada esperando encontrar áreas bastante prejudicadas pela estiagem que variava de 40 a 70 dias em algumas regiões. Os dados coletados em campo confirmaram essa expectativa e, também, trouxeram algum alívio.

A estimativa atual para a produção brasileira é 22% inferior à projetada em janeiro. Uma das particularidades desta segunda safra foi o plantio mais tardio da história, expondo grande parte da área a um risco climático elevado.

Além dos números da segunda safra de milho 2020/21, o último episódio da temporada da TV Rally vai trazer, também, as principais pragas que deram dor de cabeça aos produtores nesta temporada. Participam do bate-papo Geraldo Papa, professor da Unesp na área de manejo integrado de pragas, e Fábio Silva, Gerente técnico de Pesquisa Latam da FMC. Quem comanda a entrevista é Bruno Fardim, analista de safra da Agroconsult.