Seca derruba produtividade e eleva custo de produção de soja no RS, diz CNA
22/jun/2020

Seca derruba produtividade e eleva custo de produção de soja no RS, diz CNA

Publicado originalmente: Valor Econômico

Perdas decorrentes da seca no Rio Grande do Sul elevaram o custo de produção da soja para cerca de R$ 100 por saca e afetaram a rentabilidade dos agricultores. É o que revela um levantamento realizado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). A estiagem afetou 70% dos municípios gaúchos. Mais de 400 deles decretaram situação de emergência este ano.

“Os produtores em sistema sequeiro colheram apenas 20 sacas de soja por hectare na safra 2019/20. A baixa produtividade repercutiu diretamente no Custo Operacional Efetivo, que alcançou R$ 100. Mesmo com receita média de R$ 93,80 por saca, os produtores não conseguiram pagar os desembolsos referentes aos custos de produção”, explicou o assessor técnico da CNA, Thiago Rodrigues.

Quem cultivou soja em sistema irrigado colheu, em média, 60 sacas de soja por hectare. Segundo Rodrigues, com essa produtividade, os produtores conseguiram diluir o maior custo embutido a esse tipo de sistema e obter margens favoráveis.

TODOS
NOTÍCIAS
DIÁRIO
PATROCINADORES:
APOIADORES: